5 dicas para fazer uma campanha viral no Youtube

Youtube tornou-se, em poucos anos, na plataforma de vídeos mais acessado do mundo. Um vídeo de poucos minutos, pode converter-se em apenas algumas horas em uma praga viral e dar a volta ao mundo. Com este simples gesto, as empresas e as marcas têm encontrado outra forma de dar a conhecer os seus produtos de uma forma mais econômica, direta e divertida.

Começando do início… o Que é marketing viral?

Segundo a sua definição, é chamado de marketing viral, todas as técnicas de marketing e publicidade que fazem com que um elemento se propaga muito rapidamente em pouco tempo, de forma parecida a como faz e se comporta um vírus, daí o seu nome.

Em uma ação de marketing viral, a idéia é tudo. Não é necessário ter uma forte investimento em publicidade, mas que a idéia seja tão boa em si mesma, que uniéndola à execução, o efeito seja mais do que perfeito. Muitas vezes, um vídeo viral promove, por si só, pelo boca a boca ou nas redes sociais, que ajudam a amplificar a mensagem.

Palavras como originalidade e novidade, têm que estar presentes para atrair esse público que queremos que fale do nosso vídeo. Tenha em conta que, normalmente, o vídeo viral costuma ultrapassar as fronteiras, assim que certifique-se de que o seu produto se vende bem de forma global.

5 dicas para fazer uma campanha viral no Youtube

Não se trata de fazer magia, nem te vou dar a receita para o sucesso, mas o que você vai encontrar essas 5 dicas, são pequenas diretrizes para ajudá-lo a promover o seu vídeo no Youtube e conseguir melhores resultados.

O principal fator em conta para ter sucesso em um vídeo do Youtube é criar um conteúdo poderoso e que tenha relevância. Faça com que sua idéia seja única e que impacte, e não se esqueça de:

  1. Criar vídeos de curta duração e de alta qualidade. Não precisam mais de 3 minutos para impactar o cliente. É importante que o faça em alta resolução, que se veja bem, até os resultados onde aparece em miniatura.
  2. Colocar as palavras-chave do seu vídeo no título e na descrição. Os motores de busca não têm a capacidade de ler o conteúdo do vídeo, por isso é fundamental que se deixe de fora fácil com uma descrição breve e precisa do vídeo, usando os termos de palavras-chave adequadas.
  3. Promover o seu vídeo através das redes sociais. Facebook, Twitter e outros canais podem te ajudar a conseguir mais visualizações do vídeo.
  4. Torná-lo fácil para os seus leitores e seguidores. Permite a seus leitores que possam votar sem problemas, comentar, classificar e até mesmo incorporar o vídeo em seus sites.
  5. Faça com que não seja indiferente. Um vídeo viral tem que ser único, diferente e algo que não tenha sido publicado antes. O vídeo tem que evocar uma reação ou emoção de algum tipo, seja positiva ou negativa, mas não tem que ser indiferente.

10 exemplos de vídeos virais, como o fizeram?

1. DollarShaveClub: Como fazer com que se lembrem

O caso da marca Dollar Shave Club, de lâminas de barbear foi um sucesso no ano passado com mais de 9 milhões de visualizações. Como eles fizeram isso? Criando um conceito único, louco e diferente, que pouco tinha a ver com o verdadeiro conceito: “apresentar umas lâminas de barbear e comentar as suas bondades”.

www.seopapese.club www.seopapese.club youtube

Foi um vídeo que deu a volta ao mundo inteiro pela sua forma de fazer ver que não se tratava de vender uma simples lâmina, mas um conceito. Porque não é necessário pagar uma barbaridade para que um produto seja bom. Quanto a dados de viralização, arrastada para o seu principal concorrente: Gillette.

2. Blendtec: Buscando novas utilidades para meu produto

Em forma de paródia e com um toque mais original, Tom Dickson, o presidente desta companhia coloca à prova seus trituradores tentando esmagar todos os tipos de objetos nela para provar que boas que são. Com a campanha batizada de “Will it Blend?” criou vários vídeos de não mais de 2 minutos de duração.

Um de seus vídeos mais vistos é o que mostra que uma Blendtec pode esmagar em apenas segundos um Iphone.

www.seopapese.club www.seopapese.club screen shot 2013 11 18 at 15 32 11

Tanto deram de si a esses vídeos que Tom Dickson criou seu próprio canal no Youtube, onde já tem quase 700.000 assinantes e um total de mais de 30 milhões de visualizações. Com um investimento inicial de não mais de us$ 50, e conseguiu um 500% de crescimento em suas vendas apenas graças a estes simpáticos vídeos.

3. Sesame Street: formas Divertidas de aprender

Não só temos vídeos para o público adulto. As crianças cada vez entram mais cedo no Youtube, e aproveitando este tração rua Sésamo lançou uma música mais cativante com o mega hit “Call Me Maybe” com o que já alcançou mais de 15 milhões de visualizações.

4. Campanha em que o usuário interage com o vídeo: Tipp Ex

Tipp Ex marcou um antes e um depois do vídeo viral no Youtube, em 2010, com “O caçador e o urso”. Foi um dos melhores vídeos virais interativos de todas as épocas com mais de 50 milhões de visitas, mais de 1.200 mil compartilhamentos no Facebook e mais de 220 k de tweets. Continuando esta série de vídeos, o passado 2012, nos apresentou uma nova série de 46 minipelículas de não mais de 2 minutos de duração para comemorar o aniversário de Mr Urso, e nas quais é o espectador que decide o que vai acontecer, não só durante esse 2012, mas também durante os anos seguintes, eliminando a data e colocar o que você quiser. Já conta com mais de 10 milhões de visualizações.

5. O TNT e o botão do pânico: O tentador, que é o pressionar de um botão

Dizem que a curiosidade matou o gato, e assim é com este vídeo de TNT. Bastou colocar um enorme botão vermelho no meio de uma praça com uma mensagem alarmante: “Pressione para adicionar drama”. Não passaram nem 5 segundos até que alguém o empurrou e começou a sucessão de diferentes cenas de pânico. Trata-Se de um vídeo promocional de um canal de televisão belga que mostra o que a gente faz quando se depara com apenas um botão à tentadora curiosidade. Como resultado, mais de 50 milhões de visualizações.

6. Os meninos da Abercrombie & Fitch e a sua chamada de atenção, com “Call Me Maybe”

http://www.youtube.com/watch?v=z5NRWM3FgqA

Sobram as palavras ao ver o que foi alcançado com esse vídeo da Abercrombie & Fitch. Em poucos meses ele ficou com mais de 20 milhões de visualizações. Aproveitaram a grande difusão da tão conhecida canção” Call Me Maybe” para mostrar a sua campanha de verão de uma forma diferente: Pedindo a seus homens mais sexys que se divirtieran com esta canção e fazê-lo de forma natural. O resultado é impressionante.

7. Dove, os problemas das mulheres reais

Com o claim: “You are more beautiful than you think”, Dove, eu queria mostrar a beleza que todas as mulheres temos dentro de nós. Não há nada pior do que ser críticos com nós mesmos, apenas 4% das mulheres de todo o mundo consideram-se verdadeiramente bonitas, e Dove queria romper com essa estatística. Para isso, realizou um experimento social que nada mais e nada menos do que teve mais de 55 milhões de visualizações em apenas 6 meses.

8. “Uncle Drew” A campanha viral de Pepsi MAX

Pepsi MAX lançou no ano passado uma campanha que chegou a quase 30 milhões de visualizações, onde fingiu filmar um documentário sobre um jogador de basquete chamado “Kevin”. Mas tudo isso mudou quando seu “tio Drew” entrou no jogo. Um vídeo simples, onde o único elemento era uma quadra de basquete e um homem aparentemente inocente “o tio Drew”, que começa a dar um escarmento para tudo o que o desafia em campo. Um tio Drew muito especial, que na verdade é o jogador de basquete Kyrie Irving, com um monte de maquiagem, algo de enchimento na barriga e um pouco de claudicação em suas pernas.

9. Documentário sobre Joseph Kony

Com quase 30 minutos de documentário, este vídeo da organização Invisible Children sobre Joseph Kony, considerado criminoso de guerra e líder do Exército de Resistência do Senhor, na República Democrática do Congo, subiu em visitas desde que foi lançado no passado mês de março. Kony cometeu diferentes mulheres no Congo e Uganda, entre as quais está o recrutamento forçado de crianças para a sua organização de guerrilha. Que leva mais de 94 milhões de visualizações.

10. Dumb Ways to Die, um exemplo claro para o cumprimento das normas

A operadora do serviço de mero de Melbourne, na Austrália lançou há menos de um ano, uma campanha de sensibilização, que se tornou um sucesso, onde, através de personagens animados, se dava fé do perigo que representa o não respeitar as regras sobre o transporte público. Sem dúvida, uma forma mais “amigável” de mostrar a crua realidade dos acidentes e que já leva mais de 60 milhões de visualizações.

As chaves. O que têm em comum todas essas campanhas?

Sem dúvida, estas 10 campanhas têm 5 conceitos em comum:

  1. Originalidade. São campanhas criativas que buscam soluções alternativas originais para se diferenciar de alguma forma de seus concorrentes.
  2. São a longo prazo. Mesmo tendo passado um ano, estas campanhas continuam hoje, não passam de moda, e com o tempo conseguiram os objectivos e fidelizar um número maior de usuários.
  3. Interatividade. Faz com que o usuário participe da campanha, consegue ser o protagonista e o que decidir como levar a cabo a campanha como no caso de Tipp Ex.
  4. Conteúdo exclusivo. É o mais importante. Trata-Se de um conteúdo que se destaca dos convencionalismos, e que, de forma inovadora, apresenta-se um pouco diferente.
  5. Call to action. A maioria dos vídeos adicionados no final do mesmo um “call to action”. Trata-Se de uma chamada para a ação que dá a possibilidade ao utilizador de poder acessar algum site ou rede social para ampliar o conhecimento sobre a marca ou campanha.

Não existe receita mágica, mas sim a vontade de fazer coisas novas, inovadoras e diferentes.

Artigos relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on tumblr