Prevenção da dirofilariose em animais de estimação

Saiba o porque essa doença vem sendo tão comum no meio do animais de estimação, e qual é a hora ideal de você procurar ajuda em um laboratório veterinário.

O que é a dirofilariose? você conhece? já ouviu falar?

A dirofilariose é transmitida através de picadas de mosquito e é causada principalmente por um verme parasita chamado Dirofilaria immitis. Um nome um pouco estranho né?

Animais de estimação, incluindo cães, gatos e furões, podem se tornar hospedeiros definitivos, o que significa que os carrapatos vivem dentro do animal, amadurecem e se tornam adultos, acasalam e produzem descendentes.

Chamamos essa doença grave de dirofilariose porque os vermes vivem no coração, pulmões e vasos sanguíneos de um animal de estimação infectado.

Quais são os sintomas da dirofilariose e quais são os primeiros sinais?

Os sintomas da dirofilariose geralmente não aparecem até que a doença esteja em um estágio avançado, geralmente cerca de 5 meses após o animal ser picado por um mosquito infectado. Os sintomas mais comuns da dirofilariose são tosse, fadiga, perda de peso, dificuldade para respirar e abdômen inchado.

Como meu veterinário verifica se há vermes no meu animal de estimação?

Seu veterinário pode fazer exames de sangue para detectar proteínas dirofilárias (antígenos), que são liberadas na corrente sanguínea do animal.

As proteínas do dirofilariose não podem ser detectadas até cerca de cinco meses (no mínimo) depois que um animal é picado por um mosquito infectado.

E se meu animal de estimação for diagnosticado com dirofilariose? O que eu faço?

Lembre-se de que o tratamento para a dirofilariose, uma vez que seu animal de estimação já foi infectado, pode ser muito difícil para o corpo (e potencialmente até tóxico).

Prevenção da dirofilariose em animais de estimação

Não apenas isso, mas o tratamento também pode ficar muito caro. O tratamento da dirofilariose requer várias visitas veterinárias, injeções, hospitalizações, radiografias e exames de sangue. Por isso, dizemos que a prevenção é o melhor tratamento absoluto para dirofilariose.

Dito isso, se seu animal de estimação for diagnosticado com dirofilariose, seu veterinário terá opções de tratamento disponíveis. O dicloridrato de melarsomina aprovado pela FDA é um medicamento que contém arsênico.

Ele mata vermes adultos. O dicloridrato de melarsomina será administrado por injeção nos músculos das costas do seu animal de estimação para tratar a doença.

Soluções tópicas aprovadas pela FDA também estão disponíveis. Estes podem ajudar a eliminar os parasitas na corrente sanguínea quando aplicados diretamente na pele do animal.

Como posso evitar que meu animal de estimação pegue a dirofilariose?

É importante manter seu animal de estimação em medicação preventiva para prevenir a dirofilariose. Mesmo que já estejam tomando medicamentos preventivos para dirofilariose, recomendamos que os cães sejam testados para dirofilariose anualmente.

A prevenção da dirofilariose é mais segura, fácil e muito mais acessível do que tratar a doença avançada. Vários medicamentos preventivos de dirofilariose também podem ajudar a proteger contra outros parasitas, como ancilostomídeos, tricurídeos e lombrigas.

A melhor proteção é mesmo a vacinação ou remédio de verme?

Sim, as duas opções estão certo, até porque existem os vermífugos que são dados através de injeção. Então o que aconselhamos é manter o remédio de verme em dia para que não haja a manifestação dessa doença em seu animal.

Seja comprido ou injeção, só não deixe de dar para seu felino ou cão.

Conclusão sobre essa doença tão falada no meio animal

Lembre sempre que seu cão, gato pode não falar, mas eles demostram quando algo não vai bem. Por isso esteja sempre atento ao sinais que seu animal de estimação der. E corra logo quando achar que algo estão anormal, para não ser algo fatal e perder seu bichinho de estimação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *