O Responsive Web? Sim, mas tenha em conta estas dicas

Fazer um site responsive está na moda. E como todas as modas, a maior parte das pessoas faz, sem saber exatamente o porquê.

As opções para oferecer a nossa web para os usuários que nos visitam desde dispositivos móveis são várias: web móvel, aplicativo nativo e responsive web. Cada uma tem seus prós e contras e, a priori, a que mais força está travando é a web responsive por um tema simples: é a mais barata e rápida. E não é por isso a mais simples, que poderia parecer que sim.

Esta técnica tem alterado completamente a maneira em que se projeta. Foi alterado o padrão. Já não é apenas técnica, mas que realmente o próprio usuário e seus hábitos de navegação e consumo mudou as regras.

Não me vou meter demais, porque o responsive design é a melhor opção de todas, para mim, estão claras, mas vamos falar de algumas coisas que você deve saber e ter bem claras antes de decidir por essa opção. Como já explicamos em dicas para melhorar o SEO móvel de seu site, o próprio Google recomenda o design responsive antes de criar uma página da web móvel completa. Os motivos são claros e compartilhamos em sua totalidade: a experiência do usuário irá melhorar significativamente, evitamos possíveis problemas de conteúdo duplicado e dar ao usuário uma imagem consistente.

No entanto, embora o Google o recomende, pode ser que seu site não tenha que ter um design responsive. Por exemplo, se você tem uma landing page e está totalmente focada em conversão, você pode precisar de um design totalmente diferente em móvel e esta técnica, portanto, não renda uma vez que você quiser mostrar uma outra informação.

Saiba Mais:  Tipos de usuários do Instagram

Alguns pontos que você deve ter muito em conta, antes de fazer seu web responsive.

Carregamento de página

Um dos grandes problemas que encontramos quando fazemos uma auditoria é que os projetos responsive não se diferença a nível de servidor da carga de elementos. Isso é um grande problema no carregamento da página, já que ao fazer a web responsive são carregados exatamente os mesmos recursos que seu site de área de trabalho.

Para corrigir este problema, tente usar bibliotecas que permitem fazer uma carga de página condicional, evitando carregar recursos desnecessários quando a gente se visita do móvel.

Olho com os tamanhos de tela

Há que ter muito cuidado na hora de projetar. Recomenda-Se projetar com o padrão mobile-first, para evitar ter problemas de adaptação com as telas e evitar sobrecarregar a página de elementos inúteis. A grande quantidade de telas e dispositivos que existem no mercado faz com que tenhamos que ter muito em conta tamanhos de conteúdo fluido e não-estáticos para evitar que usuários não vejam bem o nosso conteúdo.

www.seopapese.club www.seopapese.club 3841fcb 600x286 1

Recomendado: Guia para desenvolvimento de sites mobile (em inglês)

Evita os efeitos

Alguns dos efeitos que você usa no site de área de trabalho não funcionam na web responsive. Isso é vital, já que, se não fizer uma verificação dispositivo multi-plataforma que te encontres que surpreendentemente o tempo para a visita do móvel é estranhamente baixo. Isso acontece muito, por exemplo, quando o “leia mais” de uma notícia aparece no hover. O hover não existe no móvel para que o usuário não poderá continuar a sua visita.

Saiba Mais:  9 coisas que você deve saber antes de criar um blog

Não se esqueça de medir, medir e medir continuamente para detectar possíveis vazamentos e falhas de desempenho em navegação por dispositivo móvel.

Tenha em conta todas estas coisas, antes que se faça, assim como o design responsive melhora a experiência do usuário, como vimos, nem sempre tem que ser assim.

Artigos relacionados

As melhores galerias para buscar inspiração para o seu próximo projeto

as marcas como novas religiões

As Buyer Pessoas em sua estratégia de Marketing

A estrutura ideal de um post e tipos de posts

Inspire-se, as melhores sites para evitar um bloqueio criativo

Como medir o sucesso de seus conteúdos

Como usam as marcas

Como identificar fãs falsos no Facebook

Como fazer vídeos de produto para o Instagram ou sua loja online

Como fazer uma newsletter efetiva

Como fazer uma campanha de Inbound Marketing e não morrer na tentativa

Como fazer um plano de divulgação de conteúdos

Como fazer uma hashtag perfeito e mais relevante

Como fazer infográficos: 90 recursos úteis

Como fazer e-mail marketing

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *