O que é o SEO e por que preciso?

De onde vem o termo SEO (Search Engine Optimization)?

Os primeiros motores de busca surgiram no início dos anos 90. Até que o Google apareceu em 1996 foram criados muitos, entre eles o Yahoo. Começou o boom da Web. A gente se deu conta do que realmente se podia ganhar dinheiro com elas. Assim chegaram à conclusão de que precisavam atrair tráfego. Qual era o melhor método de atrair tráfego? Os motores de busca. Nesse momento, os donos de sites começaram a pensar em como poderia alcançar as primeiras posições… O SEO tinha nascido!

O SEO é focado em resultados de pesquisa órganicos, ou seja, que não são pagos:

o que é o seo

Mas bem, vamos ao que importa e a razão por que (eu acho) você está lendo este capítulo:

www.seopapese.club www.seopapese.club semrush 1

1. O que é o SEO?

O SEO é uma das “disciplinas” que mais mudou nos últimos anos. Só temos que olhar para a grande quantidade de atualizações que houve de Penguin e Panda, e como eles deram uma volta de 180 graus, o que se entendia por SEO até há pouco. Agora com o SEO visa o que o próprio Matt Cutts qualifica como “Search Experience Optimization” ou o que é o mesmo, “tudo pelo usuário”.

Mas existem milhares de fatores, em que um motor de pesquisa se baseia para posicionar uma página ou outra, pode-se dizer que há dois fatores básicos: a autoridade e a relevância

  • A autoridade é basicamente a popularidade de um site. Quanto mais popular for mais valiosa é a informação que contém. Este fator é o que um motor de busca tem mais em conta, uma vez que se baseia na própria experiência do usuário. Quanto mais você compartilhar um conteúdo é que mais usuários que lhes foi útil.
  • A relevância é a relação que você tem uma página em frente a uma pesquisa específica. Isto não é simplesmente uma página que contém um monte de vezes o termo procurado (no início era assim) se não que o motor de pesquisa baseia-se em centenas de fatores on-site para determinar isso.

O SEO pode ser dividido em dois grandes grupos:

  • On-site: O SEO on-site se preocupa com a relevância. Assegura-Se de que o site está otimizado para que o motor de busca de entender o principal, que é o conteúdo da mesma. Dentro do SEO On-site incluiríamos a otimização de palavras-chave, tempo de carga, experiência do usuário, otimização do código e formato das URLs.
  • Off-site: O SEO off-site é a parte do trabalho de SEO que centra-se em fatores externos à página web em que trabalhamos. Os fatores mais importantes para o SEO off-site são o número e a qualidade dos links, presença em redes sociais, menções na mídia local, a autoridade da marca e no desempenho nos resultados de pesquisa, ou seja, o CTR que tenham nossos resultados de um motor de busca. Certeza que você está pensando que isto é tudo muito bem e que é muito interessante, mas que a sua está aqui para saber porque você precisa de SEO no seu site e quais os benefícios que você obterá se o integrando em sua estratégia online.

Uma vez que já sabemos o que é o SEO, há que diferenciar em se continuamos ou não as “recomendações” do motor de busca. Black Hat SEO ou White Hat SEO

  • Black Hat SEO: É o chamado black hat à tentativa de melhorar o posicionamento nos motores de busca de uma página web através de técnicas pouco éticas ou que contradizem as diretrizes do motor de busca. Alguns exemplos de Black Hat SEO é o Cloaking, Spinning, SPAM em fóruns e comentários de blogs, ou o Keyword Stuffing. O black hat pode proporcionar benefícios no curto prazo, mas geralmente é uma estratégia arriscada, sem continuidade no longo prazo e que não traz valor.
  • White Hat SEO: Consiste em todas as ações eticamente corretas e que seguem as diretrizes dos mecanismos de busca para posicionar um site nos resultados de pesquisa. Dado que os motores de busca dão mais importância às páginas que melhor respondem a uma pesquisa do usuário, o White Hat inclui as técnicas que procuram fazer mais relevante uma página para os motores de busca através de proporcionar valor para seus usuários.

2. Por que o SEO é importante?

A razão mais importante por que é necessário o SEO é porque há mais útil a sua página web, tanto para os usuários quanto para os mecanismos de pesquisa. Embora estes ainda não podem ver uma página web, como o faz um ser humano. O SEO é necessário para ajudar os motores de busca entender sobre o que trata cada página e se é ou não útil para os usuários.

Agora tomemos um exemplo, para ver as coisas mais claras:

Temos um comércio eletrônico dedicado à venda de livros para crianças. Pois bem, para o termo “desenhos para colorir” há cerca de 673.000 pesquisas mensais. Supondo que o primeiro resultado que aparece depois de fazer uma pesquisa no Google obteve 22% de cliques (CTR = 22%), teremos cerca de 148.000 visitas por mês.

Agora quanto valem essas 148.000 visitas? Se, pois, para esse termo, o gasto médio por clique é de 0,20€ estamos falando de mais de 29.000€/mês. Isto só em Portugal, se temos um negócio orientado para vários países, cada hora se realizam 1,4 bilhão de buscas no mundo. Dessas pesquisas, 70% dos cliques são os resultados orgânicos e 75% dos usuários não chegam à segunda página. Se tivermos em conta tudo isso, vemos que são muitos cliques por mês para o primeiro resultado.

O SEO é a melhor maneira de os usuários se encontrem, por meio de busca que seu site é relevante. Esses usuários procuram o que tu lhes ofereces. A melhor maneira de chegar a eles é através de um motor de busca.

3. Como funcionam os motores de busca?

O funcionamento de um motor de busca, pode-se resumir em duas etapas: rastreamento e indexação.

Rastreamento

Um mecanismo de pesquisa percorre a web, acompanhando com o que chamam de “bots”. Estes percorrem todas as páginas através dos links. Daí a importância de uma boa estrutura de links. Como faria qualquer usuário ao navegar pelo conteúdo da Web, passam de um link para outro e recolhem dados sobre as páginas web que oferecem aos seus servidores.

O processo de rastreamento começa com uma lista de endereços da web de pesquisas anteriores e de sitemaps fornecido por outros sites. Uma vez que acedem a estes web, os bots procuram links para outras páginas para visitá-los. Os bots são especialmente atraídos por sites novos e alterações em sites existentes.

São os próprios bots, pelo que decidem quais as páginas que visitar, com que frequência e por quanto tempo eles vão rastrear esse site, por isso é importante ter um tempo de carregamento ideal e com conteúdo atualizado.

É muito comum que em uma página web é necessário restringir o rastreamento de algumas páginas ou de determinado conteúdo, para evitar que estas apareçam nos resultados de pesquisa. Para isso ele pode dizer aos bots dos motores de busca que não rastreiem certas páginas através do arquivo “robots.txt”.

Indexação

Uma vez que um bot traçou um site e recolhida a informação necessária, estas páginas serão incluídas em um índice. Lá são ordenados de acordo com seu conteúdo, a sua autoridade e a sua relevância. Deste modo, quando fazemos uma consulta ao motor de busca que lhe será muito mais fácil de mostrar os resultados que estão mais relacionados com a nossa consulta.

Ao princípio os motores de busca se baseava no número de vezes que se repetia uma palavra. Ao fazer uma pesquisa rastreaban em seu índice esses termos para encontrar páginas que os tinham em seus textos, posicionando-se melhor a que mais vezes tinha repetido. Atualmente, são mais sofisticados e baseiam seus índices em centenas de diferentes aspectos. A data de publicação, se contiverem imagens, vídeos ou animações, microformatos, etc., são alguns desses aspectos. Agora dão mais prioridade à qualidade do conteúdo.

Uma vez que as páginas são rastreadas e indexados, chega o momento em que atua o algoritmo:algoritmo são os processos informáticos que decidem quais as páginas que aparecem antes ou depois dos resultados de busca. Realizada a pesquisa, os algoritmos analisam os índices. Assim saberão quais são as páginas mais relevantes tendo em conta centenas de fatores de posicionamento. E isso tudo acontece em questão de milissegundos.

Mais informações

Se quiser continuar pesquisando sobre os processos de um motor de busca podem lhe interessar estas páginas:

Artigos relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on tumblr