4 Coisas para fazer depois de pecar

Por causa do profundo amor de Deus por nós, sempre queremos buscar maior obediência e santidade em nossas vidas. A graça não é para nos libertar para o pecado, mas para nos libertar do pecado.

No entanto, em nosso estado caído, ainda pecamos e precisamos ter uma estrutura que não nos esmague, mas também não desculpe nosso pecado.

Aqui estão 4 pensamentos:

1- Medite sobre a gravidade do pecado

Seu pensamento inicial para este ponto de partida pode ser: “Sério? Focar na seriedade do pecado? Estou bem ciente de quão ruim é meu pecado e já me sinto culpado e abatido”.

Isso pode ser verdade, mas se usarmos o salmo do dia 51 como modelo para nosso próprio arrependimento e confissão de pecado, veremos Davi dizendo:

Pois eu conheço minhas transgressões
e meu pecado está sempre diante de mim .
Contra ti , somente contra ti, pequei
e fiz o que é mau aos teus olhos

Salmo 51:3-4

Na proporção certa, é bom lembrarmos a gravidade do pecado. Temo que muitas vezes tenhamos pensamentos pesados ​​sobre como o pecado é moralmente ruim. Como isso pode machucar os outros ou a nós mesmos. Mas lamentamos o fato de que nosso pecado é contra o próprio Deus?

Seu pecado é uma declaração de “eu não me importo com você ou sua autoridade sobre mim“. Você grita isso na cara de Deus toda vez que você peca. “Você não é o Senhor sobre mim, eu sou!” Para o Deus que só te fez bem.

Tenha cuidado para que você se entristeça com o pecado porque é contra Deus e não apenas porque tem consequências que o fazem se sentir mal. Todo verdadeiro arrependimento e confissão decorrem do ódio ao pecado, não da culpa. É somente vendo a feiura do pecado que podemos ver a beleza do perdão.

Saiba Mais:  7 dicas para desenvolver o hábito de ler a Bíblia diariamente

2- Lembre-se do evangelho

Satanás tenta você depois do pecado também. Ele tenta você a desanimar. Assumir que Deus te odeia. Acreditar que você está sem esperança. É saudável sentir um pouco de desconforto ao ver a gravidade do nosso pecado, mas o objetivo de ver isso é nos levar ainda mais a Cristo. Não para nos afastar Dele.

4 Coisas para fazer depois de pecar

Considere 2 Coríntios 7:10: “ E agora me alegro, não porque vocês ficaram tristes, mas porque sua tristeza os levou ao arrependimento … A tristeza segundo Deus traz o arrependimento que leva à salvação”.

A tristeza pela gravidade do pecado é boa, desde que leve você a Deus, não para longe de Deus. A chave é lembrar-se do Evangelho.

Romanos 5:6-9:

Pois , quando ainda éramos fracos , Cristo morreu a seu tempo pelos ímpios. Pois dificilmente alguém morrerá por uma pessoa justa – embora talvez por uma pessoa boa alguém ouse até morrer – mas Deus mostra seu amor por nós em que, enquanto ainda éramos pecadores, Cristo morreu por nós.

Visto que agora fomos justificados por seu sangue, muito mais seremos salvos por ele da ira de Deus.

A questão é: em que estado você estava quando Cristo morreu por você? Bom? Perfeito? Sagrado? Não! Você era “fraco” e “ímpio”. Não havia nada em você atraindo as afeições de Deus. Ele não estava lá em cima dizendo “oh, essa pessoa é muito forte e tem sido santa por 50 dias, talvez devêssemos oferecer graça”.

Não, tudo em você estava gritando “estou quebrado e mereço a morte”. Lembra da seriedade do pecado?

Mas o ponto de Romanos 5 é que foi enquanto você estava no estado de fraco e ímpio quando Cristo disse: “Eu morrerei por eles”. Deus olhou para você no seu pior e disse: “Eu os quero e pagarei o preço para limpá-los, amá-los e perdoá-los, mesmo que isso custe minha vida”.

Saiba Mais:  Oração da noite

Seu pecado não o desqualifica para o amor, pois foi quando você era pecador que Cristo derramou seu amor sobre você. Depois do pecado, tendemos a ter pensamentos “errados” de Deus. No desejo de levar o pecado a sério, muitos de nós colocamos palavras na boca de Deus.

“Ele me odeia, eu fiz de novo.” Ou “Este foi o último, não deve haver mais graça para mim”. É por isso que devemos ter textos do Evangelho prontos para nos lembrar de Seu amor. Aqui estão alguns que eu recomendo que você veja:

Ao se lembrar do Evangelho, leve a sério o que significa Deus lhe dar graça:

Viver na graça é viver sabendo que o perdão de Deus é real e completo. É dar um passo de fé e aplicar Seus métodos e trabalhar para refletir fielmente o caráter de Cristo.

Lembre-se de uma ilustração anterior: o prisioneiro é declarado livre, mas não experimenta essa liberdade até que saia da prisão e exerça os privilégios que são seus por direito.

Pela graça, o perdão é concedido e o que nos resta é viver na realidade de que Deus olha para nós com Seu favor e, ao fazer isso, Ele nos capacita a viver como Ele deseja que vivamos.

3- Confesse a um amigo ou pastor

O pecado prospera na escuridão. As almas murcham na escuridão.

A maneira como trazemos nossos pecados e nossas almas à luz é por meio da confissão. Eu imploro que você encontre um amigo ou pastor confiável e piedoso a quem possa confessar seus pecados.

É apenas arrastando seus amados pecados para a luz que eles começam a perder seu poder. E é somente trazendo sua alma para a luz que ela pode começar a receber amor.

Saiba Mais:  Oração da noite

A responsabilidade de confessar o pecado e expor a escuridão está dentro de você. Não é função dos mentores espirituais sair em uma expedição de pesca para obter uma confissão daqueles que estão tentando ajudar.

Uma pessoa que espera passivamente para fornecer respostas a perguntas específicas é em um lugar muito diferente espiritualmente de uma pessoa que está disposta a tomar a iniciativa de expor suas lutas na pura luz do dia.”

A confissão é dar vida, não tirar vida.

4- Examine a causa raiz

O arrependimento é incompleto se você não começar a cultivar a santidade em sua vida. Uma das maneiras de fazer isso é examinando a causa raiz de nossos pecados. É um pouco como colocar um Band-Aid em uma ferida sangrando infectada. Pode ajudar com o sangramento por um tempo, mas a infecção continuará.

Não é até que cavemos em nossas próprias almas e vejamos “por que continuo cometendo esse pecado?” que começaremos a entender como podemos buscar a retidão. Há sempre causas profundas. Você pode ver pornografia porque não confia em Deus com sua solteirice.

Você pode explodir de raiva porque está amargurado com alguma coisa. Você pode roubar pequenas quantias de dinheiro no trabalho porque acha que os prazeres deste mundo são mais importantes do que o outro.

Examine as causas profundas de seus pecados, arrependa-se deles e caminhe em obediência.

Lutar contra o pecado nunca é fácil, mas a santidade não é um complemento opcional da vida cristã. Lembre-se sempre, lutamos contra o pecado não para merecer o amor de Deus, mas por causa do amor de Deus.

Lutando com você.

Artigos relacionados

Oração da noite

7 dicas para desenvolver o hábito de ler a Bíblia diariamente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *